Imunologia

 

As causas de um sistema imunológico fraco são muitas e incluem uma acumulação de toxinas, resíduos, deficiências nutricionais, desidratação, falta de exercício e utilização de substâncias químicas, tais como drogas e álcool. Fatores internos, tais como o stress emocional crônico, depressão ou falta de sono também podem inibir a função normal do sistema imunitário. Sistema imunológico baixo é, muitas vezes, o resultado de um estilo de vida pouco saudável. O sistema imunológico é uma rede de células e órgãos que se especializaram em defender o organismo contra o ataque estranho ao corpo.

Quando saudável é capaz de combater a infecção de bactérias, fungos, vírus e parasitas por causa de sua capacidade de distinguir entre células familiares e desconhecidas. Se uma substância estranha, ou antígeno, ameaça um organismo saudável, o sistema imunológico é capaz de reconhecer a ameaça e combatê-la através da produção de moléculas e células defensivas. No entanto, um sistema imunológico fraco, não tem força para afastar os invasores, e o corpo fica vulnerável a doenças que vão desde alergias até câncer.
As toxinas são normalmente produzidas no corpo e eliminadas através dos rins, intestino e pele. Quando as toxinas se acumulam, o sistema imunológico é suprimido e o corpo se torna incapaz de lidar com a ameaça, criando, assim, um ambiente vulnerável a doenças e enfermidades. A falta de nutrição é um fator importante para o enfraquecimento de um sistema imunológico, pois o corpo não pode produzir todos os nutrientes de que necessita para uma boa saúde e conta com a ingestão de alimentos para suprir os nutrientes que não tem. Se não se adota uma dieta saudável, o sistema imunológico não tem todas as ferramentas de que necessita para manter uma defesa forte.
O excesso de álcool também suprime a capacidade das células brancas do sangue de se multiplicarem e de inibirem suas propriedades de matar. ​ A água é essencial para o desempenho ideal do sistema imunológico e para evitar desidratação, que prejudica a eliminação de resíduos do corpo. Sem água, o corpo fica cansado e menos capaz de combater a doença. O exercício físico também é essencial para a ação de limpeza do corpo, pois o aumento do fluxo sanguíneo associado à atividade acarreta uma melhor circulação dos anticorpos e glóbulos brancos necessários para a defesa contra germes e vírus. A obesidade também afeta negativamente a multiplicação de células brancas do sangue e a produção de anticorpos.

Documentários – imunologia & alimentação:

Sobre Auto Cura:

 Educação geral: